Pular para o conteúdo principal

Verdão sai na frente, mas Coelho reage no segundo tempo e, mesmo com pênalti perdido, chega à vitória e aumenta série invicta para sete jogos; Atlético-MG abre 11 pontos de paulistas, agora em terceiro lugar

  • Coelho nos acréscimos!

    América-MG confirmou seu bom momento no Campeonato Brasileiro ao vencer o então vice-líder Palmeiras por 2 a 1, de virada, na noite desta quarta-feira, em jogo da 24ª rodada que marcou a volta da torcida do Coelho ao Estádio Independência. Num duelo quente, cheio de chances dos dois lados e com marcações polêmicas da arbitragem de Leandro Vuaden, o Verdão abriu o placar com Rony, no primeiro tempo, viu o América perder um pênalti com Felipe Azevedo, mas mesmo assim manter a cabeça no lugar e buscar a virada com gols de Patric (um golaço, inclusive) e Ademir, este também de pênalti, já nos acréscimos. Bom para o líder Atlético-MG, que, mesmo tropeçando contra a Chapecoense, abre agora 11 pontos sobre os paulistas, que caem para terceiro lugar. Já o Coelho aumenta sua série invicta no Brasileirão para sete jogos. Assista aos melhores momentos da partida:

    Melhores momentos de América-MG 2 x 1 Palmeiras pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro

    Melhores momentos de América-MG 2 x 1 Palmeiras pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro

  • Como fica?

    A vitória leva o América-MG ao décimo lugar, com 30 pontos, mais distante da zona de rebaixamento e começando a sonhar com objetivos maiores. Já o Palmeiras permanece com 39 e cai para terceiro lugar, perdendo para o agora vice-líder Flamengo no saldo de gols. CLIQUE AQUI e veja a tabela do Brasileirão.

    Patric comemora em América-MG x Palmeiras

    Patric comemora em América-MG x Palmeiras (Foto: Fernando Moreno/AGIF)

  • Central do Apito

    A arbitragem de Leandro Vuaden gerou muitas reclamações do Palmeiras. Foram dois pênaltis a favor do América em toques no braço de Jorge e Felipe Melo, ambos com auxílio do VAR – o comentarista Sálvio Spinola considerou as duas marcações corretas. Ainda houve, porém, um cartão amarelo a Eduardo Bauermann após falta em Rony, que ia em direção ao gol (Sálvio entendeu que o lance era para vermelho), e um possível toque no braço de Ribamar em lance que originou o escanteio do primeiro gol do América. Os palmeirenses saíram insatisfeitos.

    Aos 47 min do 2° tempo - Felipe Melo chega de carrinho e VAR entra em ação. Árbitro aponta pênalti e Ademir marca para o América-MG contra o Palmeiras

    Aos 47 min do 2° tempo – Felipe Melo chega de carrinho e VAR entra em ação. Árbitro aponta pênalti e Ademir marca para o América-MG contra o Palmeiras

  • Craque do Jogo

    Autor do golaço de empate do América, num chute (ou cruzamento?) de longe, Patric foi eleito o melhor da partida com dois votos, do narrador Cléber Machado e do comentarista Roque Jr. O experiente lateral-direito comemorou e avisou: o chute foi consciente!

    Eleito Craque do Jogo, Patric comemora gol marcado pelo América-MG e dedica prêmio ao filho

    Eleito Craque do Jogo, Patric comemora gol marcado pelo América-MG e dedica prêmio ao filho

  • Fala, Renan!

    Zagueiro do Palmeiras lamenta derrota de virada.

    Renan sobre a derrota do Palmeiras: "As coisas não são da maneira que a gente quer"

    Renan sobre a derrota do Palmeiras: “As coisas não são da maneira que a gente quer”

  • Primeiro tempo

    Com mudanças na defesa e uma escalação mais “conservadora”, o Palmeiras optou por esperar o América-MG e apostar em bolas longas para Rony e Dudu, que a todo momento tentaram buscar um ao outro no ataque. O Coelho, por sua vez, aproveitou bem a condição dada pelo Verdão e empurrou o rival para sua própria área, rodando a bola e arriscando chutes de longe – no melhor deles, Ademir acertou o travessão, sem chances de defesa para Jailson. O panorama só mudou aos 26 minutos, quando Dudu lançou Rony, que ganhou de Ricardo Silva e abriu o placar para o Palmeiras – o árbitro Leandro Vuaden havia anulado o lance por um suposto toque de mão do atacante, mas voltou atrás ao consultar o VAR e perceber que o toque havia sido do zagueiro. Com a vantagem, o Verdão se soltou e passou a atacar com mais jogadores, já buscando o segundo gol. O América sentiu o baque por alguns minutos, mas terminou na pressão: Jailson fez grande defesa em chute de longe de Zárate.

    Aos 26 min do 1° tempo - Rony abre o placar e VAR valida gol para o Palmeiras contra o América-MG

    Aos 26 min do 1° tempo – Rony abre o placar e VAR valida gol para o Palmeiras contra o América-MG

  • Segundo tempo

    O jogo foi movimentado e cheio de chances, principalmente para o América. Enquanto o Verdão continuou vivendo de contra-ataques com Dudu e Rony, o Coelho pressionou e teve um pênalti a favor depois de um chute que desviou no braço de Jorge. Felipe Azevedo, que havia acabado de entrar, bateu no travessão e desperdiçou a chance do empate. O panorama, porém, não mudou: a pressão continuou, e Ademir cobrou escanteio curto para Patric, que soltou a bomba de longe e acertou o ângulo de Jailson, empatando a partida. Depois disso, Abel Ferreira fez cinco substituições praticamente de uma vez, e dois dos que entraram perderam potenciais gols da vitória: Wesley tentou a cavadinha e parou em Matheus Cavichioli, enquanto Gabriel Veron recebeu de frente para o gol, mas perdeu a disputa para Patric na hora do chute. A redenção do América veio nos acréscimos, com novo pênalti a favor após desvio no braço de Felipe Melo. Ademir não desperdiçou e fez o Coelho subir ainda mais na tabela.

     

    Aos 47 min do 2º tempo - gol de pênalti de Ademir do América-MG contra o Palmeiras

    Aos 47 min do 2º tempo – gol de pênalti de Ademir do América-MG contra o Palmeiras

  • Atuações do América-MG

     

    Jogadores do América-MG comemoram gol

    Jogadores do América-MG comemoram gol (Foto: Mourão Panda / América)

  • Atuações do Palmeiras

     

    Rony comemora em América-MG x Palmeiras

    Rony comemora em América-MG x Palmeiras (Foto: Fernando Moreno/AGIF)

Deixe uma Resposta